Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

Malva Almiscarada

Malva moschata

Essa flor pode ser considerada um dos substitutos do almíscar selvagem, que é extraído das glândulas do servo almiscarado.

Descrição : Planta da Família das Malvaceae.

Essa planta junto com o "almíscar comum" ( Mimulus inoschalus ), na madeira-almiscarada , e nas "semente de almíscar" do Hibiscus abelmoschus, pode ser usado na fabricação do famoso perfume, não fica tão bom, porém evita a matança animal.

Parte utilizada: Folhas e flores.

Origem : Europa (Portugal incluído) e do sudoeste da Ásia, encontrando-se, porém, naturalizada noutras regiões, incluindo na América do Norte.

Surge espontânea em terrenos incultos e, com frequência, à beira dos caminhos.

Princípios Ativos: Ácido ascórbico, beta caroteno, cálcio, ferro, fósforo, mucilagem, riboflavina, tiamina, malvina, malvidina.

Propriedades medicinais: anti-inflamatória, aperiente, expectorante, galactagoga.

Indicações: Inapetência, problemas estomacais e intestinais, tosse, gastrite, aumentar o leite nas lactantes, inflamações na boca, gengivas e garganta, abscessos de queimaduras.

Também é cultivada como planta ornamental.

Modo de usar:

Na forma de enxágues, é usado para tratar e curar abscessos de pequenas queimaduras.

Em Portugal suas folhas são usadas em forma de saladas e quando cozidas são usadas em xaropes para tosse e óleos para a pele.

Podem-se esfregar as folhas nas mordidas de insectos para acalmar a inflamação.

Almíscar

Dieta  de 21 dias