Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento.Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

AMOR PERFEITO BRAVO

Viola tricolor L.

É uma flor bienal selvagem, de origem eurasiática, cresce nos prados e nas fazendas abandonadas, é uma planta medicinal que age como anti-inflamatório e purificante.

Descrição : Planta da família das Violaceae, também conhecida como amor-perfeito, amor-perfeito-bravo, erva-da-trindade, flor-da-trindade, viola, violeta-de-três-cores.

Talvez mais apreciado pelas suas belas flores do que como remédio, o amor-perfeito-bravo é bom para problemas de pele e respiratórios.

Parte utilizada: Folhas, flores.

Princípios Ativos: Ácido ascórbico, ácido t-caféico, ácido cumárico, ácido gentísico, ácido heptanóico, ácido hidrociânico, ácido salicílico, arabinose, carotenóides, cumarinas, escoparina, galactose, glucose, orientina, rhamnose, rutina, saponaretina, saponarina, saponina, taninos , a-tocoferol, umbeliferona, vicenina, violantina, violaxantina, violutosídeo, yohimbina.

Propriedades medicinais: Adstringente suave, anti-seborréica, anti-inflamatória, bactericida, béquica, calmante, colagoga, depurativa, diurética, emoliente, laxante, sudorífera, tônica.

Indicações: Abscessos, acnes, conjuntivites, dermatites, eczemas, erupções na pele dos bebês, faringites, irritações nos olhos, impetigo, inflamações da garganta, reumatismo, rugas na região dos olhos, sarampo, seborreia do couro cabeludo, seborreia na pele, secreções pulmonares, tosse.

amor-perfeito-bravo

Contraindicações/cuidados: Seu uso como diurético no caso de hipertensão, cardiopatia ou insuficiência renal moderada ou grave, só com controle médico.

Há risco de perda incontrolada de líquidos, possibilidade de produzir descompensação tensional ou eliminação excessiva de potássio, com potencialização dos efeitos de cardiotônicos.

Modo de usar:

- Folhas secas, pulverizadas ou misturadas com melaté: feridas;

- Infusão de uma colher de flores e folhas secas numa xícara de água quente, deixar por 3 minutos: afecções do sangue, debilidade nervosa, cansaço, doenças cardíacas nervosas, icterícia. Beber 3 xícaras diárias, durante uma ou 2 semanas; Pode-se fazer compressas desta infusão em infecções cutâneas e gargarejo para feridas na boca ou garganta, bem como lavar os olhos;

- Infusão: macerar, em um quarto de litro de água fria, 8 g de flores e folhas secas de amor-perfeito, por uma noite. Pela manhã, adicionar, 100 g de leite açucarado e ferver. Filtrar o líquido, ingerindo-o em jejum. Continuar este tratamento por três semanas;

- compressas com flores e folhas secas e esmagadas, misturadas com leite frio: feridas, chagas, úlceras.

Farmacologia

Problemas de pele e respiratórios : Pode conjugar-se com plantas como a urtiga (Urtica dioica) e o trevo-dos-prados (Trifoliumpratensè) para distúrbios de pele e favorecer a desintoxicação. Útil para eczema e outros problemas com comichão, sobretudo nas crianças, toma-se em tintura ou infusão; esta pode aplicar-se nas zonas com comichão.

Para tosse peitoral e bronquite, combina bem com o tomilho (Thymus vulgaris).

amor-perfeito-bravo


Dieta  de 21 dias